Neurociências premiadas com prêmio da Servier Fiocruz

Institucional

Dois pesquisadores brasileiros especializados em neurociências, Steven Rehen e Flavia Gomes, foram reconhecidos no dia 11 de julho, no Rio de Janeiro, na cerimônia de premiação da Servier Fiocruz. Este prêmio foi lançado há dois anos por Olivier Laureau em parceria com a fundação governamental Fiocruz, cuja missão é combater grandes problemas de saúde pública no Brasil. Pela primeira vez, o prêmio foi concedido em reconhecimento à pesquisa realizada em dois campos: infecção pelo zika vírus e neuroinflamação e distúrbios do neurodesenvolvimento.

 

A pesquisa de Rehen esclarece o nexo causal entre a infecção pelo vírus Zika e a microcefalia. Através de sua pesquisa, ele se esforça para identificar drogas capazes de limitar a infecção viral sem afetar o crescimento neuronal.

Gomes estuda o papel das células gliais, que formam o ambiente dos neurônios, no desenvolvimento de novas terapias para doenças neuronais. Seu trabalho levou a um melhor entendimento do mecanismo de ação dessas moléculas e ajudou a identificar novos alvos farmacológicos.

Durante a cerimônia, a Servier e a Fiocruz também assinaram um acordo de cooperação técnico-científica. O objetivo desta colaboração é avaliar as propriedades físico-químicas e biológicas de amostras de produtos naturais, para identificar aqueles que oferecem as características necessárias para se tornar um candidato a tratamento do câncer. Segundo Christophe Sabathier, CEO da Servier no Brasil, “o Brasil tem um tremendo potencial de pesquisa no campo de produtos naturais”.

“A parceria entre a Servier e a Fiocruz, que visa identificar medicamentos candidatos para o tratamento do câncer, implica que nossas equipes transfiram tecnologias e compartilhem suas experiências entre si”, disse Fernando Pontes Soares, chefe do ICTR da Servier no Brasil. “O acordo também oferece a possibilidade de transferir drogas com potencial de desenvolvimento para o sistema público de saúde brasileiro”.

Posts Relacionados

Reafirmando o compromisso com a medicina cardiovascular, a Servier do Brasil confirma a segunda edição do Prêmio Dr. Sérgio Ferreira A hipertensão é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal. No Brasil, a doença acomete uma em...
O Instituto Servier: promoção da investigação e progresso da medicina O Instituto Servier é uma associação sem fins lucrativos que perpetua os valores da Servier: promover a pesquisa em todas as suas formas e o conhecime...
Da alta hospitalar ao acompanhamento do paciente com insuficiência cardíaca A insuficiência cardíaca (IC) é uma condição grave, em que o coração não bombeia sangue para o corpo tão bem quanto deveria. A IC pode desenvolver-se ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *