Angina. Fatores de risco e Prevenção

Saúde e Bem-Estar

QUAIS SÃO OS FATORES DE RISCO?
Ao longo do tempo, certos fatores de risco prejudicam as artérias coronárias, que são os vasos que levam sangue
para nutrir o coração, favorecendo o depósito de gordura (placas) nas paredes das artérias.
 
Chamamos estes fatores ou condições da formação destas placas, de fatores de riscos, que são:
• dieta rica em colesterol e gorduras saturadas
• hipertensão arterial (pressão alta)
• cigarro
• pouca atividade física (sedentarismo)
• obesidade
• diabetes não controlada
• fatores genéticos, ou uma susceptibilidade hereditária

COMO POSSO ME PREVENIR?
Mudanças no estilo de vida são parte fundamental tanto do tratamento quanto na prevenção da angina, procure sempre supervisão médica.
Estas mudanças incluem:  

• ABANDONAR O HÁBITO DE FUMAR
Fumar aumenta de 2 a 6 vezes o risco de infarto, aumenta em 3 vezes o risco de acidente vascular cerebral
(“derrame”). Esse hábito também acelera o entupimento (obstrução) das artérias coronárias, pela presença de
gordura, que é a aterosclerose, e pode também danificar outros vasos sanguíneos.
Confira as mudanças que ocorrem no seu corpo ao deixar de fumar:
Com apenas um dia sem fumo:
– Sua frequência cardíaca e pressão arterial diminuem.
– Níveis de oxigênio no sangue aumentam.
Dentro de dois a três meses:
– Seu paladar e olfato melhoram.
– Seus pulmões recuperam a habilidade de se limpar.
– O fluxo de sangue para as mãos e os pés melhora.
Dentro de um ano:
– Seu risco de infarto reduz significativamente.
Dentro de dois a seis anos:
– O risco de desenvolver doenças cardiovasculares retorna a um nível similar ao de um não fumante.

• DESFRUTAR DE UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL, COM POUCA GORDURA.
Os alimentos estão diretamente envolvidos em muitos dos fatores de risco para doença cardíaca. Uma alimentação saudável é de extrema importância no tratamento da angina.
 
– Evite gordura trans.
– Procure ingerir o mínimo possível de gorduras saturadas.
– Comer frutas ou vegetais pelo menos 2-3 vezes (200g) por dia.
– Consumir 30-45g de fi bra (produtos integrais) por dia.
– Consumir menor quanti dade de sal (<5g por dia). - Colesterol – “quanto menos, melhor”.   Procure sempre o auxílio de um profissional habilitado.
 
PRATICAR REGULARMENTE EXERCÍCIOS FÍSICOS
A prática de atividades físicas regulares está associada a uma redução da mortalidade por doenças cardíacas.
 
Acrescente exercícios durante o seu dia. Aproveite as oportunidades no seu dia-a-dia para tornar-se mais ativo.
Isso pode significar estacionar mais longe dos edifícios, preferir escadas ao elevador, ou até mesmo caminhar 15 minutos durante a sua pausa para o almoço.
 
Atividades como andar, correr, dançar, nadar, pedalar, fazer ginástica aeróbica e hidroginástica trazem benefícios para o sistema cardiovascular e controle dos fatores de risco.
 
Monitore sempre seu progresso! Talvez seja necessário ajustar o tempo, intensidade e tipo de exercício que você
faz para continuar melhorando. Por outro lado, você pode se surpreender ao descobrir que você está exercitando na
quantidade certa.
 
Procure sempre o auxílio de um profissional habilitado.  
 
• CONTROLAR A PRESSÃO ARTERIAL E COLESTEROL 
• ALCANÇAR E MANTER UM PESO CORPORAL SAUDÁVEL 
• MANTER UMA BOA SAÚDE PSICOLÓGICA E SOCIAL 
• SEMPRE TOMAR SEUS MEDICAMENTOS CONFORME PRESCRITO PELO SEU MÉDICO

Posts Relacionados

Medicina Digital – Deprexis em foco Após a sua aprovação na Anvisa, Deprexis se torna notícia em diversos veículos de comunicação. A ferramenta possui um método inovador e oferece sessõe...
Cuide dos seus ossos, dia após dia Osteoporose é um desequilíbrio em que temos a redução da densidade e qualidade dos ossos. Os ossos tornam-se mais porosos e frágeis, e o risco de frat...
Previna-se das doenças típicas do outono Com a chegada do outono (no próximo dia 20) e dos meses mais frios, doenças transmitidas pelo ar são mais fáceis de serem disseminadas, isto porque, n...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *