Ansiedade: Brasil tem a maior taxa de transtorno de ansiedade do mundo

Saúde e Bem-Estar

A ansiedade é um assunto delicado e bastante presente na nossa vida.

O Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo e o quinto em casos de depressão. O transtorno de ansiedade é marcado por sintomas como a dificuldade de concentração, problemas no sono e preocupação excessiva. Esses sintomas podem levar ao quadro depressivo, caracterizado pelos sintomas do transtorno acrescido de alterações no humor, como apatia, solidão, tristeza, além do isolamento social e dores sem justificativa física.
O transtorno de ansiedade é um problema de saúde pública que a dona de casa Rosana Sandra Dal Bello, de 56 anos, conhece bem. Os sintomas começaram há 32 anos, alguns dias após o nascimento de sua primeira filha.

“Eu tinha aquele bebezinho lindo no meu colo e estava tudo bem. Mas, de repente, passei a sentir um medo e uma agonia gigantescos, que me paralisavam. Não conseguia fazer nada, nem dormir.”
Rosana procurou ajuda médica e após muitas consultas obteve o diagnóstico: transtorno de ansiedade. Depois, ela ainda foi diagnosticada com depressão e síndrome do pânico.
“Até acertar a medicação e a dosagem corretas, o sofrimento foi muito grande. Mas, hoje, os transtornos estão controlados.”

O número de diagnósticos em mulheres, é maior por uma conjunção de fatores biológicos e culturais. Segundo André Brunoni, psiquiatra do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), a gravidez, a menopausa e o próprio ciclo menstrual provocam alterações hormonais que podem levar a manifestação dos sintomas desses transtornos. Elas também têm mais problemas na tireoide – responsável pela produção de hormônios. Já os homens têm uma resistência maior em procurar atendimento médico e também de expressar os sintomas, por isso, há um menor número de diagnósticos.
No panorama mundial, as mulheres são as principais afetadas: 5,1% são depressivas. Entre os homens, a taxa é de 3,6%.

Segundo a OMS, a depressão é a doença que mais contribui com a incapacidade no mundo. Ela é também a principal causa de mortes por suicídio, com cerca de 800 mil casos por ano.
No total, a OMS ainda estima que, a cada ano, as consequências dos transtornos mentais geram uma perda econômica de US$ 1 trilhão para o mundo.

Fonte: Estadão

Posts Relacionados

Desidratação um assunto atemporal. Durante o inverno, diferente do que muitos pensam, a possibilidade de desidratação existe e precisa ser levada a sério. Confira os diferentes tipos e ...
Como as redes sociais podem ajudar na jornada de luta contra o câncer? Solidão e isolamento são sentimentos que provavelmente qualquer pessoa tenha após ter recebido um diagnóstico de câncer. Eles também podem ser desenca...
Depressão – A importância do conhecimento para quem cuida Entenda a Depressão Depressão é um transtorno de humor que provoca, principalmente, uma sensação persistente de tristeza profunda e/ou perda de pra...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *





  1. Servier do Brasil
    Boa tarde Sr. Rená Archanjo. Obrigado pelo seu comentário. Acompanhe o nosso blog e fique por dentro de todos os nossos conteúdos.
  1. Servier do Brasil
    Boa tarde Sra. Iolanda. Nossa sugestão é que a senhora realize uma consulta com um médico. Somente um profissional estará capacitado em orientá-la corretamente.
  1. Iolanda colisse
    Meu marido é extremamente ansioso....preciso de ajuda para poder ajudar ele. Ele tem picos de desespero principalmente à noite, acorda desesperado com falta de ar e suor excessivo. Onde vocês podem me ajudar?
  1. Rená Archanjo Paixão
    Uma doença que já atinge boa parte da população e ainda é tratada por muitos como algo banal ou uma inverdade. Levei algum tempo pra aceitar o diagnóstico e mais um tempo pra acertar o tratamento e só agora começaram os resultados positivos. Incrível a quantidade de problemas que apresentamos até o diagnóstico e tratamento corretos. É uma luta diária, importante é fundamental para nosso bem estar e o de que está próximo a nos tbm...